Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Acessórios e elementos de cena são usados no terceiro ensaio do espetáculo ‘Paixão e Morte de um Homem Livre’

Postado em 03/06/2020 por

img-page-categoria

*Fonte imagem : Acessórios e elementos de cena são usados no terceiro ensaio do espetáculo ‘Paixão e Morte de um Homem Livre’*


Divulgação

A tarde ensolarada de domingo, 24 de março, contribuiu para abrilhantar ainda mais o terceiro ensaio do espetáculo ‘Paixão e Morte de um Homem Livre 2019’. Reunidos no pátio do Salão São Cristóvão, no bairro Aymoré, os mais de 300 voluntários e equipes técnicas marcaram presença na oportunidade. Realizado pela Associação Artística Cultural São Pedro (AACSP), esta é a 22ª edição do teatro, que terá suas apresentações nos dias 18 e 19 de abril.

Desta vez o ensaio já contou com alguns elementos de composição de cenas e acessórios, que também deram mais veracidade para as atuações, como escudos e armadura dos soldados, as perucas que serão usadas pelos voluntários que interpretam Jesus, entre outras.

Antes do início do ensaio, a palavra de abertura ficou por conta do pregador, professor e ex-seminarista Saymon Meyer, que trouxe mensagens confortante e de ânimo aos integrantes do espetáculo.

Ao longo da tarde, as 31 cenas que compõem o teatro foram ensaiadas, mostrando cada vez mais a desenvoltura dos atores voluntários, que com o aproximar das apresentações demonstram mais afinidade com as cenas e o palco. “Sem dúvida a cada semana os ensaios ficam melhores, e a emoção toma conta com a proximidade da data. Aos poucos os acessórios e cenários vão tomando suas formas reais também, há três meses a equipe da cenografia tem atuado de forma intensamente na produção dos itens, e com o aproximar das datas os cenários também vão ganhando forma. Esperamos nos aproximar da realidade para que, quem participa e assiste, possa se sentir naquela época também”, destaca o presidente da AACSP, Marcelo do Nascimento.

Marchando em prol da fé

Um dos grupos que chama a atenção em todos os ensaios é, se dúvida, o dos soldados. Composto por cerca de 60 homens, e com participação em 11 cenas, cada atuação do grupo é impactante, em especial pelo volume de pessoas envolvidas. O empresário e voluntário na peça, Claudinei Bette é o responsável pela equipe e afirma que o maior desafio em coordenar o grupo está em manter a sintonia do mesmo. “Passamos a ordem unida, a marcha, a postura do sentido, o descansar, para que todos possam desfilar da forma mais parecida como era na época. E isso é necessário, pois nem todos os voluntários serviram ao Exército”, comenta Claudinei, que participa há dez anos da peça.  

Além das cenas, o grupo tem se encontrado durante os momentos em que não estão atuando para treinar. “Praticamos bastante nos intervalos para que nas cenas possamos fazer da melhor forma possível. Sem dúvida queremos que o público participe conosco também, e possa estar mais próximo, para que a plateia se sinta parte desse momento de amor e de fé”, considera. Além dele, a filha Júlia, de 9 anos também está atuando nesta edição, pela primeira vez. “É gratificante pois nossos pais sempre nos ensinaram seguir o caminho de Jesus e da fé. Então, estar aqui é uma forma de fortalecer isso. Espero passar esses valores para a minha filha também, para que ela siga esse caminho do bem, e também para as novas gerações darem continuidade ao espetáculo”, ressalta.

Claudinei, que anos anteriores auxiliava a equipe de cenografia, em especial nos bastidores, em 2017 protagonizou a cena da Ascenção de Jesus, onde, preso por um guindaste subiu cerca de 30 metros. Para ele, que há 15 anos é bombeiro comunitário, a altura não impactou tanto, mas sim a visão do alto. “Foi emocionante poder ver o espetáculo lá de cima e interpretar esse momento. Fiquei muito feliz em ter sido soldado e ao mesmo tempo colaborado para essa cena tão impactante no espetáculo”, ressaltou.

Aproximação

Há cinco edições atuando como soldado, o metalúrgico Gustavo André Wippel em 2019 irá interpretar um dos Soldados Pretorianos. Ele, que já fez o papel de Soldado Romano, Carrasco, e Soldado do Sinédrio agora se prepara para outro papel. “Todo ano vamos aprendendo mais e usando algum acessório diferente. É algo que nos motiva e sempre esperamos que mais pessoas participem, pois é uma grande demonstração de fé. Estar aqui é algo que nos motiva e tentamos levar isso para todos que nos prestigiam”, ressalta.

Já pela primeira vez atuando no Paixão e Morte de um Homem Livre, o professor de Educação Física Claudionor Brito França estará interpretando um dos Soldados Romanos. Para ele viver essa experiência pela primeira vez é algo grandioso. “Sou cristão, estudo teologia e conheço bem as cenas e falas. Então é gratificante estar aqui. É um conjunto de várias coisas que nos desafiam, mas estou me dedicando muito para isso. E sem dúvida quero continuar fazendo parte desse espetáculo grandioso nas próximas edições”, enfatiza.

Ensaios

Os próximos ensaios do espetáculo ‘Paixão e Morte de Um Homem Livre’ serão realizados nos dias 31 de março, 7 e 14 de abril, a partir das 14h30, no bairro Aymoré. Já o ensaio geral será na noite de 17 de abril.

Venda de ingressos

Os ingressos para o espetáculo ‘Paixão e Morte de um Homem Livre 2019’ já estão disponíveis para aquisição, em diversos pontos de venda em Brusque e Guabiruba (veja a relação à baixo). Os valores são R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) para ambos os dias de apresentação. No dia 18, Quinta-feira Santa, o espetáculo acontece às 21h. Já no dia 19, Sexta-feira Santa, a apresentação é às 19h30. A organização do evento espera que sejam vendidos 4.500 ingressos para cada dia de apresentação.

Pontos de Venda:

Guabiruba:

– Supermercado Rothermel (Guabiruba Sul)

– Mercado Bom Dia (Lageado Baixo)

– Mercado Baron (rua São Pedro)

– Supermercado Kohler

– Fundação Cultural

– Secretaria da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

– No Salão São Cristóvão, bairro Aymoré, durante os domingos de ensaios (até dia 14/4)

Brusque:

– Secretaria da Paróquia São Luiz Gonzaga

– Loja WJ (centro)

– Lojas da rede do Supermercados Carol de Guabiruba, Brusque, Nova Trento, Blumenau, Gaspar

Ideia Comunicação

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários