Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Destaques

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Inaugurada a terceira Subestação da Celesc em Brusque

Postado em 03/06/2020 por

img-page-categoria

*Fonte imagem : Inaugurada a terceira Subestação da Celesc em Brusque*


Divulgação

Mais um importante capítulo na história de Brusque e da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr) ocorreu na manhã de sexta-feira, 4 de outubro, com a inauguração da terceira Subestação da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), localizada no bairro São Pedro.

A solenidade de inauguração contou com a presença do Governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, que pela primeira vez esteve em Brusque. Diversas lideranças políticas, militares e empresariais da região também marcaram presença no ato.

A instalação da subestação é uma bandeira antiga da classe empresarial da região, que há anos buscava o pleito, liderado pela ACIBr e demais entidades. “Hoje é um dia magnifico para a ACIBr. Acompanho essa luta de perto há mais de dez anos, e durante meu mandato pleiteamos essa obra, assim como nas gestões anteriores, dos ex-presidentes, Edemar Fischer, Nelson Zen Filho, Aliomar Luciano dos Santos e Ingo Fischer. Foram pelo menos cinco presidentes da Associação que buscaram essa obra e hoje chegou o dia da inauguração. É uma grande conquista, não apenas para a classe empresarial, mas toda a sociedade de Brusque, Guabiruba e Botuverá. A partir de agora teremos menos quedas de energia, mais estabilidade do sistema, melhor qualidade e quantidade de energia, que irá oportunizar a ampliação de parques fabris, instalação de novos maquinários, gerar renda, emprego, produção e retorno para as três cidades. Sem dúvida fico muito feliz, prestes a deixar o cargo de presidente da entidade, a presenciar esse grande momento”, declarou na ocasião o presidente da ACIBr, Halisson Habitzreuter, que também agradeceu ao Governador do Estado, a Prefeitura de Brusque, de Guabiruba e de Botuverá, à Câmara de Vereadores, e demais entidades, pelo apoio dado na busca da subestação. “É uma conquista de todos e toda a sociedade tem a ganhar”, enalteceu.

De acordo com dados da Celesc, cerca de 20% dos maiores consumidores em carga mensal da Celesc no Vale do Itajaí estão localizados na região de Brusque, Guabiruba e Botuverá, em especial do setor têxtil.  Além disso, Brusque detém atualmente um dos melhores índices de continuidade de fornecimento de energia do Estado, sendo inclusive índices superiores dos municípios atendidos pelo Núcleo do Alto Vale e da Celesc globalmente.

Necessidade suprida

Durante a solenidade, o governador do Estado declarou que a Celesc tem feito o mapeamento das necessidades energéticas em todas as regiões catarinenses, e que a terceira Subestação em Brusque vem ao encontro do projeto do governo, de buscar a resolução dessas demandas. “Santa Catarina é um estado inovador, eficiente por excelência e sem energia não pode continuar crescendo acima da média brasileira. Temos uma taxa de desemprego de 6%, menor do que a do país, estamos produzindo, crescendo, gerando emprego e renda. Portanto essas decisões estratégicas, de investimento na área de infraestrutura tem a ver com decisões técnicas do governo, pois sabemos que sem infraestrutura não conseguimos ter saúde, segurança e educação”, declarou.

Da mesma forma o presidente da Celesc, Clecio Poleto Martins, enalteceu o trabalho da equipe técnica da Celesc e a importância da subestação para a região de Brusque, que vem complementar a necessidade de distribuição de energia local. “O investimento foi de R$ 12,3 milhões, sendo R$ 7,8 milhões na subestação e o restante custos para licenciamento ambiental, conexão da subestação ao sistema elétrico existente, ao sistema de operação e controle automatizado. Além disso, há um espaço no local para a inserção de um outro transformador, com a mesma potência aparente, de 40 MVA, em uma necessidade futura da região”, complementou.

O prefeito de Brusque, Jonas Oscar Paegle, também evidenciou o papel da subestação no desenvolvimento do município, em especial aos novos negócios. “Sabemos que Brusque e a região toda está crescendo, temos geração de renda, novos investidores trazendo empresas para cá, as empresas daqui estão ampliando, e sem dúvida essa obra é fundamental para esse crescimento, é um investimento para o futuro”, comentou.

O vice-prefeito, José Ari Vequi destacou a luta em prol da concretização da obra, e enalteceu o papel das entidades na busca do desenvolvimento da região. “Tivemos problemas na desapropriação e demais empasses, mas hoje ela foi concluída. Sem dúvida devemos essa obra muito a ACIBr, e as demais entidades empresariais, que lutaram muito por essa subestação, que estiveram em várias audiências com os presidentes da Celesc e governadores do Estado nesse período. E hoje temos a obra concluída, em funcionamento, beneficiando Brusque, Guabiruba e Botuverá. Acreditamos que assim teremos, pelo menos pelos próximos 30 anos energia de qualidade para a nossa região”, complementou.

Saiba mais

A terceira subestação tem potência instalada de 40 MVA, e irá incrementar em 25% a disponibilidade de energia elétrica para Brusque e para os municípios vizinhos. A nova subestação conta com oito alimentadores (redes tronco de energia elétrica) que vão permitir atender 40% das unidades de Brusque, que atualmente conta com 56.503 unidades consumidoras; 100% do município de Botuverá, com 2.854 unidades consumidoras; e 60% de Guabiruba, que possui 8.967 unidades consumidoras.

Segundo o Governador do Estado outro projeto realizado pelo governo que está em andamento é a substituição das redes de fornecimento de energia nas zonas rurais catarinenses, levando energia trifásica, fios recapeados, e demais serviços, para que não haja a descontinuidade do fornecimento dessa energia. “A Celesc já se sensibilizou e serão mais de 2 mil km de substituição e expansão dessas redes, com isolamento”, acrescentou.

Presença em Brusque

Em relação a presença em Brusque, o governador enalteceu a receptividade recebida no município, bem como as características da região, de um povo ordeiro e pujante. “Brusque tem empresários de valor, pessoas que investem e trazem riqueza para o Estado e municípios. Sabemos das necessidades da região, que foram elencadas pelos próprios prefeitos e pela classe empresarial e cada vez mais vamos buscar atender essas necessidades. E através de seus canais, como a Celesc e demais secretários de Estado, o governo está olhando para os municípios de Santa Catarina”, comentou.

Em relação as obras de duplicação da SC-486, a Rodovia Antônio Heil, Moisés declarou que após os problemas de execução da obra, a Secretaria de Infraestrutura está na busca da substituição da nova empresa. “Tivemos outras obras no Estado com esse mesmo problema e vamos buscar, resolver uma a uma, tratar com equipes técnicas, os empasses ambientais, de contratos, de qualidade de obras, para garantirmos a melhor forma de execução das mesmas”, comentou.

Ideia Comunicação

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários