public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Um milhão de peças negociadas

Divulgação

Foram cinco dias de trabalho. Na maior parte do tempo, os 164 boxes disponíveis para negociação estavam ocupados por clientes e fornecedores. O resultado de tamanho empenho foi divulgado na tarde desta sexta-feira, 17 de janeiro: mais de um milhão de peças negociadas na 52ª Pronegócio e 4ª Rodada Internacional de Negócios. O evento, promovido pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr), no Pavilhão da Fenarreco, contou com a participação de 187 segmentos, dos setores feminino, masculino e infantil e reuniu mais de 700 compradores.

“O sentimento da diretoria da Ampe Brusque é de dever cumprido. Chegamos a um milhão de peças negociadas em cinco dias, o que é muito importante para as fábricas de Brusque e da região, que deixam o evento com suas pastas cheias de pedidos, garantindo a produção pelos próximos três meses”, declara o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge.

Segundo ele, foi realizada uma pesquisa para entender melhor a expectativa do cliente durante o evento. “Percebemos o otimismo. Todos acreditam que será um ano melhor. Já no Natal, de acordo com as respostas, foi registrado um aumento de 8% a 10% nas vendas e esta expectativa positiva se refletiu diretamente nas compras”, avalia Ademir.

Tendências

A coleção Inverno 2020 foi bastante elogiada pelos clientes que prestigiaram a 52ª Pronegócio. “Havia qualidade nos mostruários. Isso comprova que os fabricantes estão atentos às tendências e desenvolvimento dos produtos. É, também, o que garante a satisfação do cliente. A moda comprada em Brusque, muito em breve será recebida nas lojas do país e será um sucesso de vendas, garantindo o retorno do cliente”, pontua o presidente da AmpeBr.

Segundo Ademir, a credibilidade do evento e o compromisso em oferecer o melhor produto com o preço competitivo é o que mantém a Pronegócio em funcionamento há 24 anos, enquanto outros eventos e feiras fecham as portas pelo país. “Nossa meta era um milhão de peças negociadas. Hoje é o momento de comemorar e de refletir sobre erros, acertos e as inovações que buscamos para melhorar o atendimento. Este já é o nosso propósito para a próxima edição, a 53ª Pronegócio Primavera/Verão 2020, de 11 a 15 de maio”, revela Ademir.

A busca pelo aperfeiçoamento também atinge as empresas associadas à entidade e participantes da Rodada. Durante a semana, visitaram o evento os dirigentes do Sebrae na esfera Estadual e Nacional, já articulando projetos para trazer mais informações sobre tendências aos fabricantes. “Brusque deve estar conectada com o que há de melhor na moda. Nossa concorrência não está apenas na China, Índia ou Indonésia. Temos uma cadeia têxtil forte em outras regiões do país e precisamos estar preparados, através da capacitação, para que nossos micro e pequenos empresários tenham condições de disputar esse mercado e atravessar nossos eventos com grandes resultados”, observa.

Clientes

A abertura de novos clientes também marcou esta edição da Pronegócio. Chegaram ao evento grandes grupos empresariais, como uma rede do Rio de Janeiro, com mais de 120 lojas. “É uma alegria quando o nome ‘Pronegócio’ é ouvido lá fora e gera interesse e curiosidade em participar. Nós conhecemos a nossa responsabilidade, até porque algumas empresas fornecedoras não trabalham com representantes na estrada e isso aumenta nosso compromisso de lutar por um bom resultado”, enfatiza Ademir.

A 4ª edição da Rodada Internacional de Negócios também superou as expectativas. “Não existe isso no Brasil. A AmpeBr mais uma vez é pioneira, juntando o micro e pequeno empresário nesta oportunidade de exportar para países da América do Sul e América Central”, ressalta o presidente, elogiando a parceria que a entidade mantém com a empresa Father.

Estrutura

Quem passou pelo Pavilhão da Fenarreco durante esta semana se surpreendeu com a estrutura montada para a realização da 52ª Pronegócio. Foram mais de quatro mil m² modulados para atender a logística de 164 boxes, sala de vendedores, sala vip, restaurante, espaço de showroom, entre outros. O ambiente, 100% climatizado, transformou o espaço em um grande salão de negócios.

Avanço em tecnologia

O modelo de negociação proposto pela Pronegócio otimiza tempo e recursos. Desta forma, um cliente é capaz de negociar com até 30 fornecedores em um único dia. Mas, atenta às novas tecnologias disponíveis no mercado, nesta edição já foi possível o teste inicial de uma nova forma de agendamentos, que envolve o uso do celular e um QR Code.

A novidade foi testada por três clientes, durante quatro dias. Através de um aplicativo instalado no próprio telefone, não se fez mais necessário o uso de pranchetas com a anotação dos fornecedores que seriam consultados. Da mesma forma, foi descartado o uso da sineta sempre que o cliente estava disponível para um novo atendimento.

“Às vezes o cliente fica só um dia, ou um dia e meio na Pronegócio e nós precisamos aproveitar o tempo dele ao máximo dentro do evento. Por isso essas inovações são importantes, para que o cliente consiga atender um número cada vez maior de empresas”, esclarece Ademir.

O cliente Ailton Rodrigues Vasconcelos, de Dourados (MS), foi um dos escolhidos para testar esta nova tecnologia e aprovou o resultado. “É um sistema prático, no qual é possível visualizar qual vendedor está disponível. Posso escolher quem tenho interesse de atender naquele momento. No antigo sistema esse atendimento era aleatório. Poderia estar negociando o departamento infantil e, no atendimento seguinte, receber um fornecedor do segmento adulto. Agora conseguimos comprar em uma ordem, de acordo com cada segmento. A novidade está aprovada”, relata.

Satisfação

É a terceira rodada de negócios que a empresária Renata Coutinho, de Bauru (SP), participa. Lojista há 30 anos, ela elogia a organização do evento e as novas parcerias. “Tem fornecedores que fechamos negócios já na primeira rodada e repetimos o volume de compras na segunda e, agora, na terceira. Ou seja, é uma marca que se torna parceira, que se consolida em nossa empresa. Aliás, é a primeira edição que estamos comprando também feminino, o que nos deixa felizes”, comenta Renata.

A empresária paulista destaca que o modelo de negócios adotado pelo evento facilita o contato entre clientes e fornecedores, bem como otimiza o tempo. “Vale ressaltar que nunca tivemos nenhum problema com fornecedores. Todos os prazos acordados são cumpridos. Aqui somos sempre bem atendidas”, enfatiza Renata, que aproveitou a rodada ao lado da sócia, Dilsa Said.

Quem também saiu satisfeita e feliz com os negócios realizados em Brusque foi a empresária Vania Maria Henkes, que participou da 52ª Pronegócio com o filho Júlio. Vindos da cidade de Três de Maio (RS), o objetivo de ambos foi o de garantir os melhores looks do Inverno 2020 para o empreendimento da família, que em 2020 completa 40 anos de trajetória no mercado gaúcho.

Vania comenta que a história com a Pronegócio já soma 15 anos, e que as parcerias com fabricantes têm se estreitado cada vez mais. “A cada rodada vemos mudanças positivas no que diz respeito às coleções apresentadas. Hoje o que procuramos além da qualidade, são produtos diferenciados e saímos felizes desta edição”, enfatiza.

Há 10 anos, ela e o marido Nestor começaram a ter a presença mais atuante dos filhos no negócio, tanto que eles já participam da Pronegócio, sendo responsáveis pela área de compras da empresa. Júlio comenta que praticamente todos os setores disponibilizados na rodada, fazem parte da projeção de compras feita pela sua empresa a cada estação. “Os produtos daqui têm uma boa aceitação por parte de nossos clientes, um bom giro. Trabalhamos com fornecedores que estão conosco desde a primeira rodada que viemos, mas agregamos outras marcas com o passar do tempo, sinal de que a Pronegócio cresce a edição. Sempre que viemos, a impressão que temos do evento é superada. A rodada é muito bem organizada, com variedade de coleções e marcas. É um lugar para se fazer bons negócios”, complementa.

Fornecedores superam expectativas

A vendedora Ana Lúcia Ehmke, de Jaraguá do Sul, que há mais de 10 anos trabalha na Pronegócio, comemora o resultado da 52ª edição do evento. “Os clientes estão mais confiantes, embora as compras tenham acontecido com os pés no chão, sobretudo depois da experiência dos dois últimos anos sem frio. Felizmente, temos nossa clientela de compra fidelizada, o que contribui para o resultado positivo”, conta Ana Lúcia.

Segundo ela, a principal vantagem do evento é formato no qual é desenvolvido. “Este modelo é excelente, muito prático. Temos fabricantes e clientes concentrados em um mesmo lugar, para atender pessoas de todas as regiões do Brasil em uma única semana. Isso traz volume de vendas para as empresas”, avalia.

Quem também encerra a 52ª Pronegócio satisfeito com os resultados é o vendedor Alexandre Cesar Weber, de Blumenau. “Ficamos surpresos com o volume de vendas em virtude do inverno do ano passado, que não foi muito bom para ninguém. Nesses cinco dias fizemos a abertura de novos clientes e fortalecemos nossa marca”, enfatiza Alexandre.

Happy Hour

Já está consolidado no calendário da Pronegócio: a noite de quinta-feira, quarto dia de evento, é reservada para o happy hour, que acontece anexo ao Pavilhão da Fenarreco. Além de música ao vivo e de completo serviço de bar e cozinha, a principal atração da noite são as cervejas artesanais, oferecidas para degustação pelo Núcleo de Cervejeiros Artesanais (Nurcervate) da Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr).

“É um momento bonito, de integração entre clientes e fornecedores. Nosso Núcleo Cervejeiro faz um trabalho fantástico e desenvolve cervejas artesanais exclusivas para o evento. Observamos compradores vindos de tão longe que fazem questão de prestigiar esta festa porque admiram o produto fabricado na região”, afirma o presidente da AmpeBr, Ademir José Jorge.

Segundo Ademir, a acolhida que a Pronegócio proporciona aos compradores é algo que sempre impressiona. Faz parte do DNA da AmpeBr oferecer muito mais do que moda de qualidade: entre os diretores do evento há o compromisso de bem receber quem chega ao município.

Para o coordenador do Nurcervate, Cícero Klas, é uma alegria participar do happy hour, uma parceria que se renova já pelo terceiro ano. “Estamos preparados para servir um número maior de pessoas e também em uma quantidade superior em litros, por conta do calor. Ao todo, serão nove cervejeiros, oferecendo 10 estilos. O mais tradicional é o Pilsen. Porém, temos alguns estilos inéditos em menor quantidade, para que o público possa ir se adaptando ao sabor”, detalha Cícero.

De acordo com o coordenador do Núcleo, a cerveja artesanal desperta curiosidade porque o sabor é diferente das cervejas tradicionais. “E o objetivo do Núcleo é, a partir dessa experiência, formar novos consumidores. Com isso o segmento cresce, o pequeno produtor investe em equipamentos, se profissionaliza, industrializa a produção e, finalmente, gera emprego e renda”, pontua Cícero.

Ideia Comunicação

  • message
    Postado por
    Nosso Vale
  • today
    Data
    03/06/2020
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2020 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2020 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug